Ator recebeu R$15 milhões para recusar papel em The Office

Em meio a essa onde de reuniões de elenco das aclamadas séries dos anos 90 e 2000, se tem uma produção que merecia fazer um reencontro, sem dúvida nenhuma, deveria ser The Office. Recentemente, algumas cenas inéditas e bastidores das gravações foram divulgadas, e apesar de já fazer bastante tempo que a produção chegou ao fim, muito ainda se fala sobre a série.

Durante a última edição do podcast Talking Sopranos, os atores Michael Imperioli e Steve Schirripa revelaram que o ex-colega de elenco na série Família Soprano, James Gandolfini (1961-2013), recebeu US$ 3 milhões, o equivalente a mais de 15 milhões de reais, pagos pelos executivos da HBO, para recusar um papel na série The Office.

De acordo com Imperioli, Gandolfini foi convidado para entrar no elenco da série quando Steve Carrell informou aos produtores da série que deixaria a produção após sua sétima temporada: “Eles [os produtores de ‘The Office’] conversaram sobre ter o Gandolfini para substituí-lo [Steve Carrel], você sabia disso?”. Na época, o intérprete do Tony Soprano recebeu uma oferta de US$ 4 milhões para assumir o papel do aclamado Michael Scott, “Acho que antes da chegada do James Spader e depois da saída de Carrell, eles ofereceram ao Jim US$ 4 milhões por uma temporada, aí a HBO pagou US$ 3 milhões para ele não fazer. Isso é um fato”, completou.

Steve Schirripa contou também que Gandolfini chegou até a considerar aceitar o papel, principalmente pelo fato de que Sopranos já havia terminado fazia algum tempo. Ainda de acordo com ele, a HBO resolveu oferecer os cerca de US$3 milhões com o objetivo de “preservar puro o legado de Sopranos”.

No final das contas, James Spader acabou ocupando a vaga deixada por Steve Carell, interpretando Robert Califórnia na penúltima temporada da série. Para quem não conhece, The Office retrata o cotidiano de um escritório em Scranton, na Pensilvânia, filial da empresa fictícia Dunder Mifflin, de suprimento de papel, em formato de um pseudodocumentário.

James Gandolfini morreu na Itália, em junho de 2013, por causas naturais. O filho dele, Michael Gandolfini, será o responsável por dar vida a Tony Soprano em The Many Saints of Newark, sobre a juventude do mafioso.