Shang-Chi: Qual é a conexão do filme com Homem de Ferro?

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis é um dos quatro filmes do Universo Cinematográfico Marvel que vão estrear em 2021 e vai ser o primeiro filme com super-herói asiático na Marvel. Estrelado por Simu Liu como protagonista, Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis tem fortes conexões com o começo do Universo Cinematográfico Marvel, mais precisamente Homem de Ferro de 2008 e Homem de Ferro 3 de 2013.

A Marvel lançou um vídeo de bastidores para Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis. Ele começa com Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, fala sobre a concepção por trás do filme. Feige observa que Shang-Chi vai voltar para o início do UCM, revisitando um grupo perigoso que Tony Stark (Robert Downey Jr.) conheceu em Homem de Ferro.

“Estamos voltando para o início do Universo Cinematográfico Marvel. Temos um momento chave. Que é quando o Tony Stark vira o Homem de Ferro. Ele foi forçado a construir armar para uma organização, chamada Os Dez Anéis. Tinha esse personagem maravilhoso que queríamos fazer algo… o Shang-Chi”, explica Kevin Feige. Confira o featurette completo (e legendado):

Na história do filme, Shang-Chi (Simu Liu) é um jovem chinês criado por seu pai Wenwu (Tony Leung) em reclusão, sendo treinado em artes marciais. Quando ele tem a chance de entrar em contato com o resto do mundo, logo percebe que seu pai não é o humanitário que dizia ser, vendo-se obrigado a se rebelar. Toda essa história de fundo no filme que o conecta com outras produções gira entorno da organização Dez Anéis.

Eles são conhecidos nos quadrinhos da Marvel como dez cilindros, com formato parecido de anéis, que apresentam poderes diferentes e perigosos para seu portador. Porém, os Dez Anéis foram apresentados brevemente como uma rede terrorista no Universo Cinematográfico Marvel, não como os artefatos mágicos conhecidas das HQs.

 

OS DEZ ANÉIS E SHANG-CHI NO UNIVERSO CINEMATOGRÁFICO MARVEL

Os Dez Anéis foram apresentados como uma célula terrorista internacional no primeiro Homem de Ferro, que colaborou com Obadiah Stane (Jeff Bridges) para sequestrar Tony Stark. Homem de Ferro 3 trouxe de volta de ideia do vilão que não envelhece, mas revelou que ele era falso e estava sendo interpretado pelo ator Trevor Slattery (Ben Kingsley), contratado para fingir ser o Mandarim a mando do verdadeiro vilão do filme, Aldrich Killian (Guy Pearce). Tudo isso irritou muito os fãs da Marvel, pois Mandarim é um vilão clássico nos quadrinhos da Marvel.

Eles tentaram arrumar isso no curta-metragem All Hail the King, onde o preso Trevor Slattery descobre que o verdadeiro Mandarim ainda existe e busca vingança contra aqueles que roubaram seu nome. Ele aparentemente também controla o, ainda bastante ativo, grupo terrorista Dez Anéis – uma organização terrorista dedicada a destruir a paz mundial por todos os meios necessários. Todas essas questões da organização serão exploradas em Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, onde veremos o verdadeiro Mandarim interpretado pelo ator Tony Leung, que atende pelo nome de Wenwu, o pai de Shang-Chi.

Como a palavra “lenda” está presente no título oficial do filme é possível que a história aborde o conceito original dos Dez Anéis presentes nos quadrinhos da Marvel, explorando o passado da organização terrorista do Universo Cinematográfico Marvel com a introdução de seu verdadeiro líder. Então podemos ver alguma história de fundo sobre o que os Dez Anéis têm feito desde o primeiro Homem de Ferro e até mesmo a história do grupo antes disso. Inclusive, os trailers dão um vislumbre do que podem ser alguns dos anéis poderosos, que mais parecem pulseiras utilizadas no braço para conseguir os poderes mágicos.

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis tem estreia programada para 2 de setembro de 2021 e vai contar com 98% do elenco asiático.